Fim da disputa das avaliações imobiliárias

As avaliações imobiliárias são importantes para definir os valores dos imóveis nas negociações. As imobiliárias explicam que as avaliações representam, de maneira legal, o valor dos bens.

Principalmente os bancos utilizam as avaliações para diversas operações, como por exemplo, nas concessões de crédito imobiliário, e outros tipos de créditos, ajuizamento de seguros e para fins judiciais.

A disputa estava ocorrendo entre dois importantes agentes de mercado, os engenheiros e os corretores. Os engenheiros reclamavam que as avaliações deveriam ser feitas apenas por eles, por ser um documento extremamente técnico. Mas a justiça deu sentença favorável aos corretores, reconhecendo a profissão como sendo capaz de fornecer laudos de avaliação de imóveis.

Os honorários dos profissionais varia de região em região. E o Conselho dos  Corretores de Imóveis de São Paulo (CRECI-SP), dispõem uma tabela fixa de valores. Por exemplo, um imóvel com preço em torno de R$35 mil terá o valor de R$882,63. Um imóvel de R$400 mil até R$500 mil, renderá ao avaliador R$4.069,69.

Outra forma de cobrar pela avaliação é cobrar uma porcentagem sobre o valor da avaliação. Variando de 0,25% a 0,50%.

Onde encontrar casas para alugar em Londrina Paraná